8 meses de Amelie

 

Bebe de oito meses

Num piscar de olhos temos aqui um bebê que se arrasta para todos os cantos, já ensaia algumas trocas de passo apoiando apenas uma das mãos em poltronas e camas. Num piscar de olhos a casa precisou sofrer transformações como portões de segurança em todas as portas, banheiros sempre fechados e muitos – mas muuuuito – brinquedos espalhados para todos os cantos.

 

Bebe de oito meses

Bebe de oito meses

Temos aqui 8 meses de amor e muita ternura, algumas noites bem mal dormidas, alguns episódios de choro sem fim ocasionados pela ruptura dos dentinho – temos 2 inferiores que chamamos de “canjiquinhas” –  e apenas uma laringite como caso de pronto socorro.

Olha, eu acho que estamos muito bem!

Ter 3 kids em casa, uma faxineira a cada 15 dias e trabalhar em duas funções em casa pode parecer meio insano para muita gente, mas estamos nos saindo bem. Eu acho.

Já quero a minha estrelinha dourada da maternidade! hahahha

Sobrevivemos e seguimos. Logo começam os preparativos para o primeiro aniversário, isso me deixa mega tensa e um tanto melancólica. Tirar de cena as coisas que eram de bebezico, roupinhas e brinquedos, me deixam sempre com um nó na garganta. Ela está crescendo!

O tempo não dá trégua e tento aproveitar cada dia porque sei que sentirei falta até dos mais difíceis. Seguimos num sistema meio militar para dar conta de tudo, Bruno e eu, nos revezamos, trabalhamos duro aos finais de semana para facilitar as semanas e normalmente o trabalho não acaba quando o dia termina, aliás, para mim que escrevo e trabalho com criatividade, é nessa hora de silêncio que começo a produzir com maior eficiência, ou seja lá como posso chamar o que tem saído aqui do meu computador.

 

Bebe de oito meses

Com toda certeza essa não é a fase mais fácil das nossas vidas, mas não temos nos privado de tantas coisas. Temos viajado e saído bastante, me permito ficar de pijama em casa por mais tempo que o aceitável por alguns dias e outros preciso dar um “up” para encarar as atividades na rua. Ah, e está tudo ok!

No meio da revolução que é ter um bebê de mais de 8 meses em casa temos uma adolescente que precisa ser apanhada nas baladinhas aos finais de semana, normalmente naquela hora que daríamos a vida para ficar na cama quentinha e um menino de 6 anos que arrasta desde os 5 uma birra que não conhecíamos, superior ao terrible tw0 – alias, os dois anos foram “fáceis” perto dos 5 por aqui! kkk – e que insiste em nos testar a todo momento.

Olha, estamos sim sobrevivendo e no meio dessa loucura toda minha maternagem de muitas milhas, de terceira viagem, me ensina que o foco precisa estar nas coisas boas, que tudo passa rapidinho demais para darmos tanta importância ou para buscar tanta explicação!

 

 

Vamos indo um dia de cada vez.

Os 8 meses vão virar um ano, os 6 anos virarão 10 e os 15 … 25 num piscar de olhos!

 

um beijo

FACEBOOK  II  PINTEREST  II  INSTAGRAM

favicon blog petit ninos

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *