E o Terrible Two ?

terrible two

Não dá pra negar que essa fase dos dois anos, chamada de terrible two, assusta muito quando a gente escuta as histórias de pais e mães por aí.

O início das chamadas cenas de birras são causadas pela dificuldade das crianças em lidar com suas frustrações e, pelo que observei com meus filhos, a intensidade do “piti” é proporcional ao sono ou cansaço do momento, geralmente.

O que percebi nesse tempo todo é que o que acontece de fato é: quando o bebê já entendeu que é um “ser” que pode demonstrar todos os seus sentimentos, quando ele quer dizer algo somado a alguma situação adversa ( sono, cansaço) ou se ele é contrariado … é daí a coisa pode desandar. Essa combinação pode ser uma bomba comportamental, termo que nem existe, inventei agora! hehe

É um combinação de fatos que precisa acontecer e isso não acontece só aos dois anos de idade. A Mel começou a andar e falar suas primeiras palavras muito cedo (por volta de 10 meses ela já deu seus primeiros passos), penso haver aí uma forte ligação entre esses fatos.

É isso aí, uma hora ou outra vai acontecer com você também, acredite, nenhum pai ou mãe passa pela jornada de criação de filhos sem ter que lidar com essas situações.

Então, por que rotular essa fase de descobertas tão linda que é a dos 24 meses definindo-a apenas como difícil e cheias de birras??

 

terrible twoterrible two terrible two

Já tem um tempo que decidi não rotular nem as crianças e nem as fases delas, acho que fazer isso é condenar uma fase ou outra, é como já colocar uma carga negativa . Agora eu sei que uma fase dessas ” já classificadas” pode chegar muito antes do tempo ou muito mais tarde, ou seja, cada criança é uma e não são definidas pelas fases pelas quais vão passar.

Hoje entendo que os dois anos não são terríveis, muito menos as crianças de dois anos são difíceis. O mundo vai ganhando outra proporção para esses pequenos e eles precisam entender qual o seu papel e como tudo funciona. Aprendi que nem tudo pode ser resumido ao termo “birra”, muitas coisas são simples teste de limites.

Muito semelhante com a adolescência, fase da qual já tive muito medo e que já me vi rotulando muitas vezes também.

Eu não sou psicóloga, não estudei comportamento infantil mas, já passei por tantas coisas com as crianças que hoje acho mais fácil encarar dessa maneira. Facilita para Mel e para mim também, nessa hora com consciência do que ela está vivendo sou capaz de contornar as situações com muito mais empatia do que quando eu acreditava que tudo era birra, culpa dos dois anos.

Não é sempre fácil, não sou a pessoa mais paciente do mundo, mãe iluminada e muito menos cheguei na perfeição mas com toda a certeza agora, no terceiro round do meu maternar sou sim mais preparada para essas situações. Posso ainda me perder no cansaço de alguns dias mas tenho a consciência do caminho a ser tomado.

Nada como o tempo e um pouco de experiência – bate cabeça – para nos fazer ter mais leveza na vida, né? Sinto que esse é o grande presente surpresa do tempo, ele passa rápido demais e, por vezes, o acho cruel mas no final das contas é graças a ele que aprendemos a ser melhores.

Estamos de coração aberto para os dois anos da #GLAMelie.

blogpetitninos

 

 

Os “Terrible Two” vão até que idades mesmo?? {comportamento infantil}


Estamos precisando de férias. Férias do trabalho, da rotina.
E férias em família não é exatamente sinônimo de descanso, né?

Estamos em plena #operaçãofechandoasmalas! Está quase tudo
 pronto para 20 dias deliciosos!!

Assim espero que seja, se eu for comparar com a preparação e 
os dias que antecedem esse evento…OMG…dá vontade de desistir!! 
Queria mesmo era entrar em coma por um mês,daí sim iria descansar 
a mente!! Quem nunca sentiu essa vontade, ainda não tem filhos!! 
Não filhos com 3 anos!

E como são difíceis as crises dessa fase. Theo #aos3 me testa até o limite.


Bom, peguei o Theo pela mão e decidi que ele iria comigo na farmácia buscar algumas coisas. Tá,ok…muitas coisinhas. Normalmente eu sempre o deixo levar algo para casa, como já falei aqui. Podem me atirar as pedras. Sou de carne e osso..e muitos erros também.

Mas sei lá por qual motivo, naquela tarde eu decidi que ele iria e
 que não pediria nada, porque eu não compraria. Me agachei, olhei
 bem nos olhos dele e expliquei. Jurava que ele tinha entendido.

Afinal, eu posso até errar, mas acerto bastante, ok?!!

Lá fomos nós. Eu,Theo e a lista. Ah e a certeza de que hoje daria certo.

Foram 30 minutos na farmácia, mas pareceram 5 horas torturantes.

Depois de passar pelo balcão e pedir a lista de remédios, fui comprar os supérfluos ..um esmalte aqui….rímel alí…chegamos na prateleira dos produtos infantis, e lá um maldito shampoo da Galinha Pintadinha. 

Ele agarrou, eu deixei. Tentei desviar desse corredor, mas não rolou.


Terminei de encher a sacola e falei: deixa esse shampoo aí, temos 2 vidros 
abertos do Homem-Aranha, quando acabar a gente vem buscar. PRONTO. Fiz tudo certinho, né??

Foi um show! Teve produto caindo, produto voando, pernas batendo, braços ao vento e alguns tapas na mãe, claro! Tipo, completo!!

Quase morri…de raiva e vergonha. Vergonha de mim mesmo, sabem como é???

Deve haver muitas maneiras de se contornar essas situações, mas sei lá, na hora do “vuco-vuco”, meu amor…eu esqueço tudo!

A farmácia inteira assistia ao espetáculo, enquanto eu tentava pagar a compra. No meio dos berros eu escuto da atendente: Senhora, estamos sem sistema, os cartões não estão funcionando.

E aí? Mato, né? Fiquei meia hora ali dentro e a pessoa não me pergunta como vou pagar na entrada já que estavam com problemas? Eu  e o resto da humanidade não andamos mais com talões de cheques e afins.

Desisti. Voltei pra casa, com ele aos berros pela rua,sem compras e sem dignidade. Toda descabelada e amassada.

Daí eu te pergunto: Pode isso? Tá certo isso?

Esses terribles twos acabam quando?? Será que até os 18?? 
Será que aguento até lá??

Humpf  #maeacabada

Essa semana teremos TAG novinha!! Minha linda Amiga e Blogueira Débora Alves vai escrever sobre as dúvidas e dicas, dores e delícias da vida com um Bebê.

XoXo




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...