deixe com ele // sobre paternidade

paternidade ativa

fotos: Débora Silveira Fotografia

 

O peso do mundo, as responsabilidades e a rotina, tudo isso fica mais leve quando a gente divide. Parece justo e fácil, mas nem sempre é. Muitas vezes nos sabotamos e acabamos por puxar todo esse peso para as nós mesmas, subindo a ladeira com as responsabilidades nas nossas costas.

A maternidade é um experiência que muda todo o universo de uma mulher desde o início da gravidez. É o corpo dela que irá mudar, será ela que passará por toda a gestação, por toda a mudança hormonal … será que ela que trará uma nova vida ao mundo.

Por mais conectado que seja um pai durante essa experiência não dá pra negar que a nossa ligação, de mãe, com os bebês se inicia muito antes do que a dos pais.
Não se trata aqui de dizer quem “vale” mais para o bebê e sim de constatar que : é fato que é a mãe que tem uma ligação maior com bebê nesse início.
São os meses de gestação, depois a amamentação e os maiores cuidados que geralmente ficam concentrados nas mãos da mãe. Claro que há as situações de exceção mas no geral, é assim que funciona.
Por natureza, muitas mulheres tendem a tomar para si essas responsabilidades e por estarmos no controle acabamos atropelando as investidas dos pais e assim, aos poucos, podemos contribuir para “minar” a conexão entre bebê e o pai.

 

paternidade ativa

 

Não é por mal que o fazemos mas eu mesma sempre acreditei que faço tudo mais rápido e melhor do que meu marido, acho que você deve achar o mesmo. E se por aí é diferente ( wow, ainda bem!) sei que conhece casos como o meu.
Conversando com uma amiga outro dia falávamos justamente sobre isso, como muitas vezes acabamos inconscientemente tirando oportunidades dos pais exercerem as mesmas funções que nós.
É importantíssimo não só para o vínculo entre eles mas também para que o bebê entenda que não é só a mamãe que pode atendê-lo me suas necessidades.
Incentivar que os pais tomem à frente dos cuidados com o novo bebê é benéfico para a família toda pois tira dos ombros da mãe todo o peso, principalmente do início, e isso contribui para diminuir os conflitos dessa fase.
Podemos e devemos incentivar essa ligação.

 

paternidade ativa

paternidade ativa

paternidade ativa

Deixar de lado a perfeição, não palpitar durante a realização dos cuidados, deixar o pai livre e com a total responsabilidade são maneiras ideais para que eles iniciem essa conexão.
Você terá a sensação pelo resto da vida que faz tudo melhor do que o pai do seu filho, pode acreditar em mim, mas vai descobrir que em muitas coisas ele se sairá tão bem quanto você. Não vou dizer que ele se sairá melhor só para mantermos o controle, ok meninas?? kkk

Brincadeiras à parte, deixar os pais serem pais é muito bom para todos e faz com que as tarefas com o bebê ou criança sejam melhor divididas,bem como o tempo para cada um, pai e mãe, pode ser melhor equilibrado o que deixará todo mundo muito mais relaxado e feliz durante esse início e para todas as próximas fases.

Pode ser que você precise se policiar ou dar um empurrãozinho de incentivo, não importa muito. Acredito que os fins justificam sim os meios nesses casos, ninguém é obrigado a nascer sabendo ou ter sido criado para encarar a divisão de tarefa da criação dos filhos de forma mais justa. Seria o ideal? Sim , mas não é o real. Não se culpe se acontecer com você o que com certeza acontece na maioria das vezes: talvez você precise encorajar e depois deixar que as coisas fluam.

 

Pais felizes , crianças  felizes!

Fotos: Débora Silveira Fotografia

blogpetitninos

Aprender Brincando

 

dia de aprender brincando

A gente sabe da importância das brincadeiras ao ar livre e quanto isso faz diferença para as crianças. Enquanto brincam, elas também aprendem – acredito que essa seja a melhor maneira de transmitir qualquer tipo de conhecimento para os nosso filhos.

Brincar e aprender ao ar livre permite às crianças desenvolverem uma maior consciência sobre o meio ambiente, explorar novos territórios. Mas, na prática, a gente se vê em meio àquela velha história que já conhecemos bem: rotinas corridas, escolas com pouco espaço e a vida agitada dos grandes centros urbanos. E as crianças são as maiores prejudicadas, pois acabam sendo privadas de explorar o mundo, de se relacionar com os espaços… Mas sabia que podemos fazer muito para mudar essa realidade – inclusive na escola dos nossos filhos?

Conheci a campanha Dia de Aprender Brincando , que acontece agora, no dia 6 de outubro, promovida pela Cidade Escola Aprendiz com o apoio do movimento #LivreParaDescobrir. É uma iniciativa global inspirada no Dia da Sala de Aula Vazia, do Reino Unido, com o objetivo de levar o maior número possível de crianças pra brincar ao ar livre no mesmo dia!

 

dia-de-aprender-brincando

 

 

A ideia é mobilizar escolas, professores e pais. Todos unindo esforços para realizar diversos tipos de atividades, brincadeiras e aulas ao ar livre. No mundo todo, várias escolas irão realizar ao menos uma aula fora da sala e você pode convidar a instituição onde seu filho estuda a fazer o mesmo. No site da campanha ( Clique Aqui ) tem todas as informações de como fazer isso!

Também há disponível uma vasta gama de recursos que visam inspirar e ajudar a planejar as atividades para esse dia especial. A equipe do movimento #LivreParaDescobrir incluiu livros, ideias de aulas e materiais para impressão para ajudar as escolas e professores a divulgar para todo mundo o seu Dia de Aprender Brincando!

Que tal levar esse projeto até a escola do seu pequeno e ajudar a tornar possível um dia de aula especial e memorável, aprendendo e brincando fora da sala de aula convencional??

 

publicidade 2

 

 

favicon blog petit ninos

O friozinho vem chegando e com ele…

 

tratamento gripe e resfriado infantil

imagem: shutterstock.com

Ahhh, com ele vem as inevitáveis doenças de inverno. A gama é imensa: vai de alergias a gripes e resfriados, tudo favorecido pelas temperaturas mais baixas e ambientes fechados.

É como diz aquele ditado: antes de ser mãe, o inverno são só delícias: momentos quentinhos, lareira, vinho… Depois dos filhos, se resume a idas ao pediatra e noites em claro!

E a situação pode ser ainda pior quando temos mais de um filho, pois ficamos em um ciclo vicioso gripal. Um pega e, quando está melhorando, passa para o outro, e depois para ou outro até chegar na gente! Cena de terror para mães: quando a casa toda fica gripada.

Para completar, a cada nova temporada aparece um vírus novo pra coleção. Logo, as possibilidades de sermos sorteados com mais de um ciclo de gripe, principalmente durante o outono/inverno, aumentam a cada ano.

Para evitar que as gripes ataquem a todo momento, há alguns cuidados básicos que podemos tomar:

Continue lendo

Mini Horta em Casa!

Sem título

Yes! Conseguimos finalmente montar nossa horta. Mini horta, na floreira e vocês não imaginam como estou feliz!

Registrei tudo em um post  para Disney Babble  , o passo a passo e de como montar e meus ajudantes,mas já adianto: Tem bagunça, tem criança correndo, diversão, sujeira e muita coisa boa.

O principal dessa atividade não é nem a utilidade, que aliás é enorme, mas sim a ideia de proporcionar às crianças momentos de contato com a terra e com a natureza além de noções de responsabilidade pois eles têm me ajudado com a manutenção, regar e tudo o mais.

Não precisa de muito espaço, são várias ideias charmosas de hortinhas, olha essas que estão lá pasta “Horta,Hortinha” no Pinterest:

 

53ee40936dfa79b6e68732c4d85a776e

7fa7c55988556c0b361e953bd122b769

2f800799bb80408947c751b094b07c25

cd858a0c9374559564ea2724b2fce563

fc1cf2e44f89eda99326ff7d8a0ecc5a

b952313e52832a051f0608a10ee7f853

 

São ou não são opções charmosas? Tem muita ideia bacana e é preciso bem pouco para colocar em prática essa ideia,não sei o motivo de termos adiado tanto a nossa hortinha!

Fizemos um passeio maravilhoso para comprar as mudas que queríamos cultivar, acho que pode ser uma ótima dica de atividade para as férias escolares que estão logo aí.

me belisquem …

estamos falando de férias outra vez! Eita ano que voa!

beijo

favicon blog petit ninos

Semana Mundial do Brincar: inspirações para a sua família

 

Slowkids

shutterstock.com

Já falei antes (AQUI) da importância da brincadeira na infância e o resultado da pesquisa de OMO sobre esse assunto, que mostrou que presos em presídios de segurança máxima têm mais tempo ao ar livre do que nossos filhos. O mesmo estudo apontou os motivos para isso. Devido às pressões da vida moderna, os pais têm pouco tempo disponível para supervisionar o tempo livre ou brincar com seus filhos, além de apontar que faltam lugares apropriados para as brincadeiras. De fato, com a falta de segurança que vivemos e o excesso de atividades extras, realmente fica difícil.

É por isso que gosto tanto de iniciativas como a Semana Mundial do Brincar (SMB) www.aliancapelainfancia.org.br. Na edição desse ano, OMO se juntou à Aliança Pela Infância para promover a Semana Mundial do Brincar entre os dias 22 e 28 de maio, com o objetivo de explorar ao máximo todas as formas de brincadeira e também estimular o adulto a nunca perder o encantamento de seu olhar sobre a infância, dando espaço e tempo para as crianças exercerem o brincar livre. E brincar é coisa (MUITO) séria! Nas várias fases da infância, o contato com o mundo lúdico e a possibilidade de brincar com liberdade trazem benefícios inquestionáveis para o futuro. O tipo de adulto que nossos filhos serão, as relações que terão, como lidarão com as situações da vida… Tudo isso está ligado à qualidade e à liberdade de brincar que é permitida para as crianças de hoje.

Durante a SMB, vários eventos acontecerão no País com patrocínio de OMO, como a distribuição de brinquedos de papelão em dez centros urbanos, ação chamada de “Cidades de Papelão”. Mas o que eu mais gostei foi da edição especial do evento SlowKids (serviço abaixo), que acontece no dia 29 no parque Villa-Lobos, em São Paulo, e oferece um dia de atrações para a família se desconectar da tecnologia e aproveitar o tempo ao ar livre e próximos da natureza. Todas essas ações fazem parte da iniciativa #LivreParaDescobrir. Na plataforma www.sesujarfazbem.com.br você também encontra várias inspirações e, entre 22 e 28 de maio, recebe ideias de brincadeiras por meio das redes sociais de OMO, para fazer sua própria Semana Mundial do Brincar em casa. J

Vale lembrar que cabe a cada um de nós, pais, resgatar as brincadeiras e proporcionar o maior e melhor tempo possível para nossos filhos serem livres, brincando por brincar, sem programação ou comprometimento. Ou seja, para serem simplesmente CRIANÇAS!

SERVIÇO:

SlowKids @ Parque Vila Lobos

Data: 29 de maio, domingo, das 09h às 16h

Endereço: Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001 – Alto de Pinheiros, São Paulo – SP

*

Programação – Edição especial OMO SlowKids:

09h às 16h – Oficinas e atividades simultâneas

10h e 13h – Contação de Histórias com Kiara Terra

11h e 15h – Banda Mirim

14h – POIN – Pequena Orquestra Interativa

16h – Encerramento

 

publicidade 2

favicon blog petit ninos

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...