Não vivo mais sem…

coisas que a maternidade nos ensina

imagem: shutterstock.com

 

A maternidade vem para nos ensinar muitas coisas. Tem muitas lições de amor, muitos cuidados e muita entrega. A gente tem que aprender a ser “multi”. Essa, aliás, é uma das imposições que a condição materna nos faz. Fiquei surpresa com a quantidade de coisas que consigo fazer ao mesmo tempo. Definitivamente, a gente precisa ser mais de uma para não deixar a peteca cair.

O que acontece é que aprendemos coisas, vivemos emoções ainda desconhecidas e passamos a usar habilidade de novas maneiras.

Agregamos muitas coisas à vida depois da chegada de um bebê, uma novidade ali e outra aqui, pronto, a nova vida vai surgindo e o seu “eu” de antigamente passa a se adaptar a essa realidade, pouco a pouco descobrindo maneiras de sobreviver a tantas emoções.

E bota emoção nisso! A maternidade já me fez levar cada susto e fazer cada coisa engraçada. Analisando de fora penso que, para muitas amigas sem filhos, alguns dos meus comportamentos devem ser no mínimo estranhos, para não dizer bizarros.

A gente passa a analisar as superfícies dos lugares, procurado algum degrau potencialmente perigoso, a limpeza desses lugares, olha em volta buscando os tais “pelo em ovo”… Mãe não desliga nunca.

Eu confesso que adquiri algumas habilidades engraçadas. Nunca na vida achei que meu nariz fosse ser o grande aliado do dia a dia de mãe. O olfato de mãe é um item de série indispensável, superútil. Quer ver?

Com ele você detecta de fraldas sujas a feijão queimando na panela – que, aliás, você provavelmente esqueceu enquanto trocava a fralda. Um minuto e o seu nariz te apresenta dois fatos acontecendo a sua volta de uma só vez.

(Ah, com ele você vê que cheiros são tradução de amor – até os não tão bons!. Cheiro de cangote e chulézinho de bebê…viciam!)

A gente aprende a sentir o cheiro de alimentos que já não estão bons… Fato é que o nariz de mãe é treinado pra evitar problemas: uma questão de proteção e uma habilidade que poucos pais têm.

Útil pra vida toda, pois, mais pra frente, depois que o bebê crescer, você ainda continuará treinando, buscando por meias sujas e pratos de comida no quarto – ou ainda quando sua filha “assaltar” seus perfumes antes de sair com os amigos.

É, minha amiga, olfato é um grande poder materno! Esse é meu grande aliado na maternidade!!

Falando nisso, a Pom Pom fez um vídeo muito legal – e engraçado, pq temos que aprender a rir de nós mesmas – com a Mia Mello, confere aí. Você sabia que os seus pés também podem ser grandes aliados no dia a dia?? Dessa eu já sabia!

Muito a nossa vida, né?

E você? Me conta qual é o seu maior aliado!!!

 

favicon blog petit ninos

publicidade 2

Especial Beto Carrero World : # Como Chegar

dicas para viajar de avião com bebês

 

O Beto Carrero World  fica na cidade de Penha em Santa Catarina como já contei aqui.

Na nossa ” estreia” , dois anos atrás, escolhemos ir de carro, ainda não tínhamos a Mel e nessa segunda oportunidade, fomos voando.

Optamos por um que voo saiu de Guarulhos e não demorou mais do que 50 minutos, muito rapidinho portanto uma ótima opção para quem está com bebês ou crianças menores.

 

Image3

 

Viajar com os pequenos pode assustar muita gente, tendemos a carregar o mundo nas costas mas há maneiras de simplificar as coisas e sem dúvidas, informações são aliadas na hora de aliviar o peso das malas.

Para isso, se programe buscando informações no local que você se hospedará, liste o que você levaria e verifique se é possível encontrar esses itens no seu hotel, por exemplo. Utilidades para a alimentação dos pequenos como mixer, talheres e etc. Parece óbvio mas na hora de montar as malas acabamos carregando coisas que não são usadas ou que já encontramos no hotel escolhido, então pense em tudo que você precisará e na dúvida, verifique se pode ser encontrado lá. Outra dica bacana é: invista em produtos portáteis. Mamadeiras precisam ser esterilizadas, certo? Opte por modelos descartáveis como os saquinho esterilizadores para mamadeiras, eles não ocupam quase espaço, podem ser reutilizados algumas vezes antes de ser descartados.

 

dicas para viajar de avião com bebês

Mesmo com essas dicas quem viaja com bebês acaba sempre tendo que levar itens extras, a gente nunca sabe o que pode acontecer, e é normal ficar tensa quando se opta por uma viagem de avião e não de carro, onde abrimos o porta malas e colocamos a vida e pronto!

Pensando nisso e baseada em algumas dúvidas minhas e de amigas ( que aliás estiveram nessa trip comigo :  Lo do Bagagem de Mãe e Rê e Kiki do  For Mães) fiz uma lista de dicas para quem vai voar com bebês.

Preparando a viagem!

  • Comprando as passagens. Uma viagem já começa na hora de comprar as passagens, não é mesmo? Para garantir o sucesso da viagem uma boa ideia pode ser escolher voos que coincidam com os horários da soneca dos pequenos ou ainda optar por voos noturnos, fica bem mais fácil quando eles embalam no soninho.
  • Documentos: Para voos nacionais basta o registro de identidade ou certidão de nascimento, para destinos internacionais. claro, passaportes válidos. Caso apenas um dos pais viaje com a criança para sair do Brasil é necessário uma autorização especial, saiba mais aqui.
  • Na hora do Check-in. Famílias com bebês têm o direito ao check in preferencial ou prioritário direto no balcão, utilizamos a Gol Linhas Aéreas, empresa que nos levou até o Beto Carrero World e foi bem tranquila nossa experiência. Rápido e Fácil.
  • No colo ou na poltrona? Bebês até dois anos podem viajar sem custo em geral, desde que sentados no colo de um dos pais, uma criança apenas por adulto dividindo o assento. Na hora de marcar suas poltronas opte com viajar nas fileiras da frente que possuem maior espaço e em alguns casos permite a utilização do bercinho. Caso não seja possível há a opção dos assentos maiores, no caso da Gol Linhas Aéreas, são os assentos +comfort0, com 10 cm a mais de largura. Testamos e faz bastante diferença quando se está com alguém no colo!
  • Bagagem, desmistificando algumas questões. Amelie viajou no meu colo e portanto não teve direito a despachar mala em seu nome. Estávamos em 5 pessoas porém com 4 malas, mais 4 malas de mão e a bolsa do bebê. Compartilhar espaço nas malas é uma super dica. Os meninos dividiram uma mala média e cada uma de nós,meninas, levou uma mala pequena. Essa regra vale para voos nacionais. Para maior comodidade em voos internacionais algumas empresas disponibilizam a franquia de bagagem para bebês inferior a 2 anos. Você pode despachar bagagem com até 10 kg para todos os destinos.
  • Carrinho e Bebê Conforto ( cadeiras de auto and booster ), o que pode? Carrinhos não contam como bagagem portanto você pode despachar com tranquilidade ou levá-lo com você até a aeronave e ele te será entregue normalmente na esteira, junto com as demais bagagens, o carrinho não precisa ser compacto ou do tipo guarda-chuva, esse procedimento serve para qualquer modelo, apenas lembre de informar a quantidade de peças em que o seu modelo se desmonta para que tudo seja etiquetado evitando que se extraviem. No balcão da Gol nos informaram que poderíamos despachar até 2 volumes ” especiais” ou fora de padrão por passageiro, isso inclui as cadeirinhas de carro por exemplo. Eles embalam e etiquetam tudo na hora do check in. Vale a pena levar um canguru ou sling na mala de mãe assim você ficará com as mãos livres até pegar o carrinho na esteira quando chegar ao seu destino.
  • Papinhas, fórmula infantil, fruta… o que posso levar? Fique tranquila quanto a questão da alimentação dos bebês, você pode levar porções pequenas, para o consumo durante o trajeto e o restante pode ser despachado dentro das demais malas. Vale para papinhas caseiras e industrializadas, para leite e para a frutinha do bebê.

É hora de embarcar! Vamos voar!

  • Dentro do avião, e se o bebê chorar?Devido a pressão tanto na decolagem/aterrissagem quanto durante o voo alguns bebê e crianças podem apresentar desconforto nos ouvidos. Chupeta, amamentação e chiclete ( para os maiores) pode ajudar muito. Eu mesma sofro com isso e não consigo voar sem fazer uso de um chiclete, conforme vou mastigando o desconforto vai passando. Não se preocupe se o bebê chorar ainda assim, as pessoas ao seu redor possivelmente são pais e mães, ou tem crianças nas família, a gente se desespera as vezes, mas o mundo nos entende!
  • Como trocar o bebê? As aeronaves possuem trocadores nos banheiros, troquei a Mel com tranquilidade e além disso encontramos trocadores nos banheiros masculinos nos aeroportos. Até que enfim!
  • Bolsa do bebê inteligente. Isso quer dizer, sem exageros mas com itens suficientes para qualquer imprevisto ou emergência. algumas trocas de roupas, quentes e mais quentinhas pois a temperatura pode variar na aeronave, fraldas, lenço umedecido,pomada, álcool gel, algumas fraldinhas ou cueiros e uma manta,alguns brinquedos e os itens para alimentação do bebê ( mamadeiras, papinhas etc.) e é mais ou menos isso que você precisará.

 

Não tenha medo de viajar com bebês, como sempre falo com organização e fazendo boas escolhas tudo é possível, além do mais os pequenos tendem a se comportar até melhor com a quebra da rotina, em lugares novos do que em casa, a gente também muda sem a rotina do dia a dia.

Se o seu destino para as próximas férias é o Beto Carrero World saiba que voar até lá é uma ótima opção, o aeroporto de Navegantes é pequeno e tudo fica pertinho, táxis e transfers bem na porta. Combinamos antes nosso traslado com a Penha Turismo que também é uma agência e oferece vários passeios pela região. Pagamos aproximadamente R$96,00 reais ida/volta.

Só para lembrar que AQUI você encontra o primeiro post sobre nossa ida ao Beto Carrero com dica de onde se hospedar e aguarde pois essa semana vou publicar muitas dicas sobre o complexo! Para acompanhar nossas aventuras pelo Instagram procure pela hashtag #GuiaDeMãe.

um beijo,

FACEBOOK  II  PINTEREST  II  INSTAGRAM

favicon blog petit ninos

 

8 meses de Amelie

 

Bebe de oito meses

Num piscar de olhos temos aqui um bebê que se arrasta para todos os cantos, já ensaia algumas trocas de passo apoiando apenas uma das mãos em poltronas e camas. Num piscar de olhos a casa precisou sofrer transformações como portões de segurança em todas as portas, banheiros sempre fechados e muitos – mas muuuuito – brinquedos espalhados para todos os cantos.

 

Bebe de oito meses

Bebe de oito meses

Temos aqui 8 meses de amor e muita ternura, algumas noites bem mal dormidas, alguns episódios de choro sem fim ocasionados pela ruptura dos dentinho – temos 2 inferiores que chamamos de “canjiquinhas” –  e apenas uma laringite como caso de pronto socorro.

Olha, eu acho que estamos muito bem!

Ter 3 kids em casa, uma faxineira a cada 15 dias e trabalhar em duas funções em casa pode parecer meio insano para muita gente, mas estamos nos saindo bem. Eu acho.

Já quero a minha estrelinha dourada da maternidade! hahahha

Sobrevivemos e seguimos. Logo começam os preparativos para o primeiro aniversário, isso me deixa mega tensa e um tanto melancólica. Tirar de cena as coisas que eram de bebezico, roupinhas e brinquedos, me deixam sempre com um nó na garganta. Ela está crescendo!

O tempo não dá trégua e tento aproveitar cada dia porque sei que sentirei falta até dos mais difíceis. Seguimos num sistema meio militar para dar conta de tudo, Bruno e eu, nos revezamos, trabalhamos duro aos finais de semana para facilitar as semanas e normalmente o trabalho não acaba quando o dia termina, aliás, para mim que escrevo e trabalho com criatividade, é nessa hora de silêncio que começo a produzir com maior eficiência, ou seja lá como posso chamar o que tem saído aqui do meu computador.

 

Bebe de oito meses

Com toda certeza essa não é a fase mais fácil das nossas vidas, mas não temos nos privado de tantas coisas. Temos viajado e saído bastante, me permito ficar de pijama em casa por mais tempo que o aceitável por alguns dias e outros preciso dar um “up” para encarar as atividades na rua. Ah, e está tudo ok!

No meio da revolução que é ter um bebê de mais de 8 meses em casa temos uma adolescente que precisa ser apanhada nas baladinhas aos finais de semana, normalmente naquela hora que daríamos a vida para ficar na cama quentinha e um menino de 6 anos que arrasta desde os 5 uma birra que não conhecíamos, superior ao terrible tw0 – alias, os dois anos foram “fáceis” perto dos 5 por aqui! kkk – e que insiste em nos testar a todo momento.

Olha, estamos sim sobrevivendo e no meio dessa loucura toda minha maternagem de muitas milhas, de terceira viagem, me ensina que o foco precisa estar nas coisas boas, que tudo passa rapidinho demais para darmos tanta importância ou para buscar tanta explicação!

 

 

Vamos indo um dia de cada vez.

Os 8 meses vão virar um ano, os 6 anos virarão 10 e os 15 … 25 num piscar de olhos!

 

um beijo

FACEBOOK  II  PINTEREST  II  INSTAGRAM

favicon blog petit ninos

 

 

 

5 ideias legais para presentear um recém-nascido

cuidados com recem nascido

 

Sempre que uma amiga fica grávida já começo a pensar em como presenteá-la com algo útil, diferente e que possivelmente ela ainda não tenha.
Tarefa não muito fácil, há tantas opções legais por aí.

Bom e eu sou mãe, já sei o que pode ser útil ou inútil mas a cada novo ano são muitas novidades que surgem no mercado, então sendo mãe ou não dá pra ficar bem perdida quando o assunto é presentear um bebê que acaba de nascer.

Primeiro vamos pensar que a futura mãe já pensou e providenciou a maioria dos itens básicos então, mais roupas e sapatos podem ser pouco utilizado, bebês crescem tão rápido.

Outra coisa legal é pensar sempre em surpreender a futura mamãe com algo que ela não esperava, você vai vai parecer a amiga descolada! kkkk
Me baseei em alguns itens que recebi quando a Mel nasceu – ou antes de ela nascer –  e que realmente fizeram a diferença pra mim.
Alguns dos itens , confesso, não coloquei muita fé que seriam tão usados quando ganhei ,mas depois usei tanto que decidi: preciso compartilhar! Isso merece estar em uma indicação, em um post!
Fiz uma listinha dos 5 top presentes que mais curti e  uso até hoje, Mel está com 8 meses.

 

saco de dormir para bebê

1- Saco de dormir
Esse produto chegou até nós através da marca Titétis, foi um presente antes mesmo de ela chegar. Mel nasceu me setembro, fez o maior calor desde então. Lavei na época e o saco de dormir foi tirar férias na gaveta até que, há algumas semanas o frio chegou com tudo! Depois de uma noite de levanta, cobre, deita, levanta e cobre, pois o bebê nessa idade já se mexe muito e nunca fica coberto então me lembrei do presente! Na primeira noite de uso já espalhei meu amor por aí ( no caso, mostrei lá no snapchat : blogpetitninos).
Além de manter o bebê aquecido a noite toda ( há vários materiais no mercado, o nosso é bem quentinho, de fleece) ainda existe a questão da segurança já que cobertores e mantas podem representar risco de sufocamento para os bebês.

 

ideia presente para recem nascido

2- sacola para roupa suja
O saquinho de roupa suja eu sabia que seria mais do que útil, que ele me salvaria em muitas situações. Primeiro o bebezinho regurgita muito e as fraldas vazam. Esse item será muito útil, possui forro impermeável e assim as roupas sujas ficam protegidas lá dentro. Conforme a criança cresce não pense que ele perde a utilidade pois, pode-se colocar roupas de banho nos passeios à piscina ou natação, por exemplo. Ganhei de uma amiga quando ela veio conhecer a Amelie , usamos muito mesmo. Esse modelo é da D’Bella for Baby.

baby pil almofada de banheira

3- almofada para banheira
Esse item recebi recentemente e adorei! A Mel passou meses sem usar a banheira dela pois nunca achei muito confortável, usei bastante o baby tub ( ofurô) por achar mais confortável. A banheira estava aqui, guardada até que há umas semanas atrás ganhamos da marca Baby Pil essa almofada super fofinha ( ela é produzida com o mesmo material da FOM ) e prática pois deixa nossas mãos livres durante o banho e torna o banho mais seguro e prazeroso. Daqueles itens que toda a mãe vai amar receber e dificilmente já terá comprado.

 

objeto de transição

4- Naninha

Todo bebê vai amar poder contar com a amizade de uma naninha, e naninha nunca é demais! Esses modelos de doudou são da marca Liten Landa, objetos de transição, são leves e no tamanho certo para o bebê segurar. Além de funcionais são lindos para compor a decoração do quarto, do berço e fáceis de levar para todo canto.

 

ideia presente para recem nascido

5- Mantinha

Mantinhas, paninhos de boca, fraldinhas. Esses são  itens que nunca são demais. Essas duas mantinhas mais quentinhas eu comprei no site da Zazzle e gostei tanto que já presenteei algumas amigas –  e seus bebês – e sempre é um sucesso. São mantas para as saidinhas rápidas, não precisam combinar com o enxoval do bebê, por isso pode presentear sem medo que será sem dúvida muito bem utilizado. Leve em consideração a estação do ano que o bebê nascerá e escolha algo mais leve e fresquinho ou uma mantinha quentinha e descolada.

 

Espero que com essas ideias você surpreenda a próxima amiga que esperar por um bebê, que ganhou um bebê ou use essa lista para compor uma lista de chá de bebê!! Acho muito simpática a ideia de uma lista para presentear pois assim sabemos que vamos acertar no gosto de quem será presenteado.

um beijo

favicon blog petit ninos

Orlando com Crianças : Casa ou Hotel?

 

 

orlando com crianças

 

Ahhh… a terra da magia fica ainda mais mágica quando vista pelos olhos dos pequenos, como é bom ver todo o encantamento deles, vale cada minuto. Estivemos lá para comemorar o Aniversário de 6 anos do Theo.
E se engana muito quem acredita que é preciso esperar uma certa idade para levá-los para que aproveitem e todo esse bla bla bla que escuto por aí de que viajar com crianças é complicado e ninguém aproveita.
Não acredito nisso, sempre viajamos muito com as crianças desde pequenos e com jeitinho, planejamento e um pouco de bom senso – ok, às vezes isso nos falta – tudo funciona super bem, pode acreditar!
Imagina se eu fosse sempre esperar a idade ideal para viajar como seria? tenho uma escada de filhos, nunca seria a hora certa, quando está mais fácil viajar com um a faixa etária do outro é mais complicada, quer dizer … sempre é preciso se adaptar, mas tudo pode ser maravilhoso.
Ainda mais falando na terra do Mickey, tudo feito para eles, tem diversão para todas as idades em cada canto de Orlando, são muitas opções e é só pensar em roteiro legal com pausas para não estressar demais as crianças. Bom, mas esse assunto merece um post exclusivo, né?
Agora vou falar da nossa opção por nos hospedar em uma casa alugada e não em um hotel.
Quando estávamos lá, postei fotos da  casa que alugamos e recebi váaaarias perguntas, pelo snapchat ( segue lá blogpetitninos ) e algumas eu ia respondendo mas como muitas eram repetidas resolvi compilar tudo nesse post.

casa aluda orlando

Basicamente todo mundo queria saber se o valor de locar uma casa de temporada vale a pena.
Existem algumas empresas que fazem isso por lá e cotamos algumas, nós alugamos pela Temporada em Orlando que tinha o melhor preço e a localização que queríamos ( ao lado de um walmart 24hs, em Kissimmee). No geral, a locação vale muita mais a pena em termos financeiros para famílias maiores. Na verdade para menores também pois há casas de diversas configurações ou apartamentos, nós optamos por uma menor, pois éramos dois casais e 3 crianças.
Ficamos em uma casa com 4 quartos sendo 1 suíte, dois andares e piscina mas nesse condomínio mesmo havíamos visto outras opções de casas maiores.
Cotamos hotéis também, dentro do complexo Disney e fora e definitivamente no quesito PREÇO, alugar casa é muito mais vantajoso!

casa em orlando

casa em orlando

O motivo decisivo para nós não foi nem o preço mas sim poder ter uma cozinha completa à nossa disposição.
Viajamos com a Mel em início de introdução alimentar por isso eu precisava de uma estrutura para preparar as refeições dela. Quem me conhece sabe que não tenho nenhum problema em oferecer industrializados em casos de viagem, até prefiro por medo de haver problemas de refrigeração e evitar intoxicações alimentares mas, havia apenas duas semanas que tínhamos iniciado as comidinhas dela, achei muito puxado já oferecer papinhas prontas, queria eu mesma preparar e deu super certo! Chegamos fui ao mercado 24hs que havia ao lado do condomínio ( BELLA VIDA RESORT) , comprei todos os itens das sopinhas e já preparei no primeiro dia algumas porções. Ah, lá no Walmart mesmo comprei um pote térmico para transportar as papinhas e itens como colheres, lenços umedecidos e até fraldas pois não levei muitas, deixei para comprar tudo lá.

Sem dúvida viajar com pouco coisa faz toda a diferença!!

A ideia era comprarmos tudo para café da manhã e fazermos as refeições fora de casa já que nosso tempo era curto e tínhamos vários parques e outlets pela frente – pausa para as borboletas nos estômago! amo! – mas no fim das contas acabamos comprando algumas refeições congeladas e no final do dia, cansados e todos desarrumados depois de um dia todo de parque acabamos optando por jantar em casa, com toda privacidade. Assim a Mel já tomava o banho dela, ficava solta da sala ( nessa casa que ficamos havia bercinho de montar, carrinho e até um bouncer para carro) e nós podíamos nos revezar entre banho e comer, foi bem prático e acima de tudo econômico poder ter a opção de jantar em casa, tranquilamente com as crianças descansadas. Vez ou outra, claro, fomos aos restaurantes que adoramos por lá…isso vou contar em um post só sobre dicas de onde comer e comprar por lá.
Outra coisa que é VIDA em se hospedar em casa de aluguel é o fato de termos uma lavadora e secadora de roupas à disposição! E vamos combinar que americano é bichinho esperto demais, adoro a disposição das lavanderias, sempre no hall entre os quarto. Quem foi que inventou que lavanderia precisa ficar perto da cozinha minha agente! Tão mais prático já pegar as roupas, dobrar ou pendurar no closet dos quarto! Bom, pudemos viajar leve, ou seja, levei bem pouca coisa pois sabia que poderia lavar e também que daria pra usar por lá o que comprássemos pois seria possível deixar tudo limpinho e seco. Para a Mel que é um bebê e suja muita – maaass muita – roupa foi uma tranquilidade! Chegávamos em casa depois de um dia todo de andanças, já recolhíamos as nossas roupas e ia tudo pra máquina, antes de dormir tudo já estava em seu lugar.

Dá só uma olhada, gravei esse vídeo para vocês terem uma ideia das proporções da casa. Gostei muito, tudo novinho, não precisamos esperar ninguém para pegar chave, tínhamos uma senha e a portaria desse condomínio funciona 24hs:

 

No mais, a maioria dos “condos’ de Orlando oferecem área de lazer como os hotéis, então há muitas atividades possíveis para entreter as crianças, internet disponível de ótima qualidade, ao menos nesse condomínio que ficamos, trabalhei todas as noites e foi maravilhoso, que dó na nossa internet aqui no Brasil…sempre que viajo tenho pena de mim, como é ruim nosso serviço, né? Outra coisa é que as casas possuem garagem ou na própria casa ou em bolsões ao lado delas, estávamos com dois carros e foi ótimo . Sobre o aluguel de carros, preferimos dois pois assim o vovô e a vovó teriam a opção de voltar antes dos parques, eles alugaram um modelo sedan e nós um modelo 7 lugares, da Chrysler chamado Town & Country, e acabamos andando todos juntos.

 

IMG_7308

Na hora da locação fique atento aos seguros aos quais seu cartão de crédito pode te dar direito. Na Alamo acabaram empurrando um seguro para meu pai mas ele já possuía cobertura e não sabia, então, foi dinheiro jogado fora, uma brincadeira que custou uns 150 dólares totalmente desnecessário. Levamos nosso GPS, mas  meu pai  preferiu alugar um que também era wi-fi, saiu 20 dólares por dia, caro porém usamos muuuito a internet além do que meu GSP resolveu ficar maluco e dava voltas em círculos. Vai entender??

A última grande vantagem de se alugar uma casa, na minha opinião, é que você pode desfrutar de momentos em família como um churrasco em volta da piscina, por exemplo, e não se preocupe pois mesmo incluindo a limpeza ( você pode optar por ter ou não o serviço de uma diarista) as diárias ainda assim serão mais vantajosas do que a de um hotel.

 

DSC00200

IMG_7433

Fiquei fã do aluguel de casa por temporada e já temos planos de voltar logo fazendo esse mesmo esquema.Escrevi esse texto com base nas perguntas que me enviaram durante nossa viagem mas se você tiver qualquer outra dúvida ou quiser saber mais sobre o que falei aqui, me escreva, será um prazer te ajudar!
petitninos@hotmail.com
Viaje com seus filhos, não tenha medo nem restrições de idade, mostrar o mundo a eles é sempre uma diversão! Nesse post aqui, mostrei 5 dicas infalíveis para se voar com bebês.

Resumo dos serviços e indicações:

Ficamos em Kissimmee

Visitamos os parques : Busch Gardens,Sea World, Magic Kingdom , Universal Studios, Islands of Adventure

Nossa estada durou 8 dias.

Voamos (  escala Miami ) pela American Airlines

Alugamos exatamente essa casa pelo site Temporada em Orlando

Alugamos carro de 7 lugares na Alamo

um beijo,

FACEBOOK  II  PINTEREST  II  INSTAGRAM

 

favicon blog petit ninos

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...