Hora do Sono da Mel //Parte 1//

como ensinar o bebe a dormir sozinho

 

O sono do bebê é um assunto que rende noites e noites em claro para os pais, literalmente.

Alguns pais são premiados com bebês que dormem super bem, mas essa não é a regra. Se esse é seu caso, afaste os móveis e comece a dançar passinhos estranhos de alegria! Você tirou a sorte grande.

Agora se esse não é seu caso, continua lendo o que tenho para dizer, estamos juntas amiga!

Mel dormiu como um anjo até o 5 mês, cheguei a fazer a dancinha…era pegadinha do Malandro.

Assim que os dentes apontaram em uma semana muito quente,uma vacina, tudo junto com o que eu acredito ter sido um salto de crescimento, pois foi quando ela começou a engatinhar, nosso sossego acabou.

Cheguei a contar 9 acordadas em uma só noite! Não sei bem dizer onde foi que perdi a mão, que deixei o cansaço e a rotina de caos se estabilizarem, só sei que chegamos a um ponto que a situação ficou insustentável. Eu estava muito cansada, esgotada, sobrecarregada e vamos combinar? Ninguém é bacana assim!

No meio desse ciclo me perdi, mas consegui me achar e com perseverança, paciência e alguma ajuda, fiz as coisas voltarem ao eixo.

Não tem fórmula que vá resolver todas as questões de sono dos bebês desse mundo, se houvesse, a gente compraria e os bebês dormiriam em paz. Não é isso que acontece.

O que existe são várias dicas, truques e conselhos que podemos aproveitar, coisas que funcionaram com outras família e adaptar, costurando uma colcha de retalhos , para que sirvam para a rotina da sua casa.

Nesse vídeo falei mais sobre assunto, ele é o primeiro, semana que vem vai ao ar a segunda parte com todo o passo a passo da nossa rotina noturna. Nesse vídeo falei sobre quais eram os meus objetivos e como fiz para alcançá-los.

 

 

Resumindo:

O que eu pretendia:

  • ensinar a Mel a dormir no berço do quarto dela, por mais horas seguidas.
  • minimizar os sintomas causados pelo nascimento dos dentes

Como fiz:

  • retomei a rotina da noite ( banho, conversa, ir pro berço cada dia por um tempo maior)
  • usei floral e fitoterápico para a fase do nascimento dos dentes
  • melhorei a qualidade das sonecas durante o dia
  • cuidei para que ela não deixasse de se alimentar bem durante essa fase

Como eu disse antes,não acredito que haja regras , acredito em alguns truques e dicas que mesclado com várias outras coisas possam te ajudar com essa questão!!

Caso tenha alguma dúvida ou queira compartilhar sua história e suas dicas, por favor, fique à vontade para compartilhar aqui ou lá pelos comentários do YOUTUBE. Vamos ajudar mais mulheres, mães que se perdem no caos do cansaço durante essa fase tão delicada!

Se INSCREVA no CANAL para saber sempre primeiro dos novos vídeos, e até mais!

 

um beijo

favicon blog petit ninos

 

Beto Carrero com Bebês

 

beto carrero com bebê

Se você já estava acompanhando a série de posts sobre nossa visita à Santa Catarina já sabe que estivemos no Beto Carrero World dois anos antes dessa última visita. Na época éramos 4 e o Theo já não era um bebê, não prestei atenção na estrutura para receber os bebês.

Bom, nessa hora você deve estar se perguntando: Mas é possível um programa desse com bebê e crianças pequenas?

Sim!! Além de estrutura para receber todas as idades o complexo conta com atrações para diversas idades. Todo  mundo se diverte.

Já imaginava que seria tudo bem tranquilo com relação à fraldários e alimentação pois a infraestrutura como um todo é maravilhosa como me lembrava desde a nossa última visita.

Em todos os banheiros encontramos fraldários limpinhos e o Baby Care central é simplesmente ótimo! Além da copa com microondas e cadeirões, há o espaço para amamentação e a parte com os trocadores separada. Lá na frente há um espaço com pufs e brinquedos, além de uma TV, tudo para os pequenos relaxarem livremente depois de muito trajeto entre carrinho e colo, colo carinho. Testamos com a Mel, soltamos e a bichinha se jogou nessa sala aproveitou bastante enquanto eu descongelava sua papinha.

beto carrero com bebê

Como a área é enorme, já contei nesse post AQUI, optamos por visitar em dois dias, assim os shows e a área Triplikland, onde estão a maioria dos brinquedos destinados aos menores como Carrossel, Baby Elefante ( a Mel amou e o Theo também adora!), Pedalinho, Roda Gigante, Xícaras Malucas, Carrinho bate-bate entre outros.

dicas para viajar de avião com bebês

Como os interesses das crianças são bem diferentes, ou seja, Babi já curte os brinquedos mais radicais e Theo embora adore ainda não idade para muitos deles, acabamos decidindo nos concentrar nas atividades dos menores e assim a Babi ficou livre para aproveitar as montanhas-russas  e o Portal da Escuridão – atração essa, paga separadamente – que ela tanto adora com o Bruno.

Outra atividade “extra” que Babi adorou foi o passeio de helicóptero e o passeio de Mustang que ela fez junto com o Theo antes de entrarmos, essas atividades estão disponíveis do lado de fora do complexo e foram inesquecíveis para eles – e para nós que observamos tudo.

Além da área Triplikland outras duas áreas são perfeitas para os pequenos são o Mundo Animal e a ilha Pirata, passamos muito do nosso tempo por essas três áreas. No mundo animal muitos animais podem ser observados como em um zoo, e Theo adorou ver de pertinho algumas espécies como o leão branco. Ah, muitos dos bichos que estão lá foram resgatados ou transferidos para lá por não vivem em boas condições em seus antigos lares e lá vemos que são muito bem cuidados.

A Ilha do Pirata é uma das partes que mais adoro! Vale a pena desbravar as cavernas e assistir aos show musical dos Pitaras na beira do lago, muito legal!

Assistimos aos show “Velozes e Furiosos”,” Madagascar” e “Blum” e gente, as crianças se divertem muito. Mel dormiu em alguns deles mas no show do Madagascar ela interagiu com muitos gritinhos, mostrei  pelo nosso perfil do Instagram.

Os pequenos adoram ver os cavalos e o passeio de trem, onde há um encenação superanimada do velho oeste, que claro termina com o trem todo sendo salvo pelo Beto Carrero.

Aliás, a área do Velho Oeste é uma gracinha e permite várias atividades, você pode por exemplo fotografar a família toda vestida com roupas típicas e de época e levar essa recordação para casa.

Theo curtiu muito novamente o Crazy River, a montanha russa do Tigor mas para idade o mais encantador é o encontro com os personagens! Ela amou tirar fotos com o Shrek e o Gato de botas e o encontro com a turma do Madagascar foi inesquecível, além do encontro esperado com PO Kung-fu Panda.

beto carrero com bebê dsc00484

 

Já estivemos visitando alguns parques pelo mundo e na minha opinião o complexo está no mesmo nível dos parques internacionais, com a mesma qualidade de serviços e manutenção e com atividades para a família toda, é um passeio para qualquer idade.

Indico pelo menos dois dias para curtir todas as atividades e shows, fizemos novamente dessa maneira e funcionou muito bem. Não perca o show do cowboy no final do dia! É imperdível, Amelie já havia jantado e cochilava no carrinho, nós adoramos assistir novamente o espetáculo.

Para conhecer mais e também para adquirir seu passaporte: BETO CARRERO

Para acompanhar as experiências da Renata, Kiki e Lo pelo complexo: For Mães e Bagagem de Mãe.

E tenha em mente, embarcar rumo ao Beto Carrero World é uma aventura que deixa lembranças incríveis, você vai se surpreender!

Lá no Canal Petit Ninos, no youtube, tem o vídeo dos melhores momentos da nossa viagem! Se inscreva para acompanhar essa e outras viagens que faremos e curta o vídeo, foi feito com muito carinho para mostrar um pouquinho do que vivemos por lá.

 

um beijo,

favicon blog petit ninos

 

 

 

 

Crescimento foto à foto!

ideias para mervesário

 

O tempo passa, o tempo voa!

Eu já sabia disso e quis registrar o crescimento da Mel, mês após mês. Quem nos acompanha lá pelo Instagram ( segue lá @blogpetitninos ) sabe que todo mês coloco uma foto da Mel referente aos seus “mesversários”.

Queria uma forma de registrar, gastar pouco e ainda que fosse fofo! Ownnn

 

ideias para mervesário

Começamos a fazer as fotos e no início era tãoooo fácil! Daí ela foi crescendo e….

Acompanhe aí no Vídeo a nossa saga para conseguir uma foto legal para registrar o crescimento da pequena:

 

É tipo uma maratona, né?? kkkk Vamos brincando e cantando, deixo ela correr a vontade, pego e posiciono outra vez. Depois de uma dor nas costas, consigo um “O” clique ideal.

Uma ideia barata e simples, tudo feito com um iphone e nada mais!

Se inscreva no Canal no Youtube para acompanhar os novos vídeos, em breve terá vídeo contando todos os aplicativos que uso para editar as fotos.

um beijo,

favicon blog petit ninos

Por que NÃO furamos a orelha do bebê

 

furar a orelha do bebê

 

Como muita gente que nos segue nas redes sociais já deve ter percebido, Amelie não tem as orelhas furadas.

Como nem sempre está de laço na cabeça ou vestindo rosa tornou-se comum muitas pessoas a chamarem de “ele”. Aliás, isso até já me incomodou um pouco mas hoje, nem ligo mais.

Babi teve as orelhas furadas com uma semana de vida, em casa pois nos pareceu mais aconchegante. Ainda se fazia esse procedimento nas maternidades, mas eu não quis. Me lembro da dor que senti no estômago, como um soco, quando a ouvi chorar. Por mais rápido que tenha sido, ela choramingou, sentida, por horas depois.Eu tinha 20 anos e seguir a tradição me parecia a forma correta de proceder. Se todo mundo faz, farei também.

Ainda assim, me lembro de tudo aquilo ter me parecido bem brutal, uma violência mesmo, com quem não tem como se defender, tudo em nome de uma cultura.

Hoje, Babi tem outros furos na orelha por escolha dela e aos quase 15 anos em breve furará o tragus, a parte redonda no centro da orelha e que deve doer mooooooiiiito para furar. kkkk

Agora você deve estar se perguntando qual o motivo que nos levou a fazer essa escolha com a Amelie agora sendo que Babi já passou por isso,né?

Continue lendo

eu te garanto

 

desafio da maternidade

A maternidade é cíclica. Voltas e voltas para sempre se viver a mesma coisa. Há amor que sobre mas os perrengues estarão sempre lá. A gente vai dizer que ama tudo mas vai esbravejar muitas, muitas vezes quando o cansaço chegar. E daí? Reclamar faz parte da vida e nada tem a ver com querer sair de onde está. A gente nunca vai querer trocar de lugar.

Quando a gravidez começa e com ela os enjoos,  parece que nunca mais vai acabar e no entanto acaba. Vamos reclamar sim mas também contar a novidade pra todo mundo. No final dela,

as dores lombares e todo o peso nas pernas vão judiar do nosso sossego, vamos desejar com todas as forças que esses dias acabem pra depois repetir o resto da vida : ” que saudade da barriga”.
Então chegará aos braços aquele ser pequeno e o mundo tem um recomeço, ganha um novo sentindo.
Ele chora, a gente chora. Tantas coisas novas nesse relacionamento recém-nascido. Não tem como não amar, mas possivelmente vai surgir o desejo de ver tudo acabar, noite insone ou outra…em uma crise de cólica e outra também, vamos desejar que cresçam. Vai dar uma super vontade de avançar muitas casas no jogo da vida.

desafio da maternidade

Vai passar e a medida que os bebês crescem eles testam nossa paciência, nossos limites pois eles precisam descobrir até onde podem ir e encontrar seu lugar entre nós, daí aparecerão os terrible 2,3,4,5 … amiga, não tem fim! Também vai passar e lembra dos enjoos e as dores no corpo? Vamos sentir saudades como nos outros ciclos.
Ah, sabe o teste de paciência e limite, aquela fase em que a gente parece que vai enlouquecer onde objetos são arremessados e olhares desafiados? Então, tudo se repete na adolescência ( pré,início,meio e fim…sinto informar), é como voltar aos anos de terrible 2 só que agora o protagonista argumenta e questiona tudo, mas vai passar né?
Bom, não posso ir mais longe, mais do que até aqui eu não vou poder falar, não vivi ainda pra voltar e de contar mas acho que vai passar.
Como toda fase e todo ciclo tem sua beleza e sua tormenta, a maternidade é infinitamente linda e ao mesmo tempo difícil.
Eu não quero trocar de lugar, você não vai querer trocar de lugar, não de verdade.

desafio da maternidade

Vai passar e vamos sentir tanta saudade do que já foi, por isso não adianta se desesperar nos momentos mais difíceis, é só olhar por cima do ombro e ver que logo ali, ontem, a situação era parecida e ainda assim você já sente falta do cenário e do personagem principal.

 

um beijo

FACEBOOK  II  PINTEREST  II  INSTAGRAM

favicon blog petit ninos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...