Solução na mão para doenças respiratórias

Nebzmart Inalador Portátil

O outono chegou e as doenças respiratórias estão à solta! Theo é alérgico, atópico e asmático e já começamos a sentir o reflexo das temperaturas mais baixas e do tempo seco: uma onda de médicos, remédios e muitas paradas no pronto-socorro.

Durante o ano todo, temos os agravantes, como a poeira doméstica, os ácaros, o pólen e a poluição que fazem parte do pacote de terror para quem sofre com problemas pulmonares.

Alguns equipamentos passam a fazer parte da nossa vida e a mesa de cabeceira ganha nova decoração: remédios e inalador. Seja para medicar ou apenas para fluidificar as secreções do sistema respiratório, essa é a melhor solução. Já testei muitos inaladores durante esses anos. Todos os tipos e tamanhos. Já tive os barulhentos da minha infância, os chamados pneumáticos, e testei algumas marcas dos mais modernos e silenciosos ultrassônicos.

Mas meu novo amor é o Nebzmart, nebulizador que a GlenMark acabou de trazer para o Brasil. Ele é portátil, muito mais leve e compacto – e, por isso, imaginei que a inovação estava justamente no tamanho e peso (só por esses motivos, já seria top, afinal, carrego sempre o inalador nas viagens).

 

 

Mas o Nebzmart é mais do que compacto e portátil. É inteligente, silencioso e eficiente. Usa uma tecnologia chamada malha vibratória que não aquece ao produzir as partículas de nebulização. Ou seja, é permitido com todos os tipos de medicamentos. Os aparelhos ultrassônicos, por exemplo, não permitem o uso de medicações suuuper comuns, como os com corticoides. Nunca havia recebido essa informação!!!

 

Algumas coisas sobre Nebulizadores e Inalação que talvez você não saiba:

– Deve fazer a inalação sempre sentado pois essa posição permite que as gotículas de soro e ou medicação se espalhe de forma uniforme. Não é eficiente fazer inalação com a criança deitada, dormindo utilizando extensores, por exemplo.

– Alguns tipos de medicação como corticoides, por exemplo, não são bem absorvidos quando tem a sua temperatura elevada, portanto, utiliza-los em aparelhos nebulizadores ultrassônicos pode simplesmente fazer com que percam o seu efeito.

– A inalação hospitalar não é mais eficiente como muitos imaginam por se utilizar de oxigênio. Na verdade, ela usa o ar comprimido para produzir as gotículas. Usa o sistema o do compressor pneumático como os que temos em casa, não há oxigênio “extra” na nebulização.

-A higiene é algo fundamental quando o assunto é o sistema respiratório como já sabemos. Alguns tipos de inaladores possuem canos compridos onde muito líquido fica parado após a nebulização, sendo difícil de limpar e de secar. Acontece isso com os extensores dos aparelhos ultrassônicos, um risco extra para quem sofre de doenças respiratórias

– Os inaladores que conhecemos até hoje não são capazes de nebulizar até a última gota de líquido, ou seja, há desperdício de medicamento e soro. Com a tecnologia da malha vibratória isso não acontece, há aproveitamento total do volume prescrito pelo médico.

São muitas as vantagens do NEBZMART em comparação aos outros inaladores do mercado . Estamos falando de uma revolução verdadeira com essa tecnologia da malha vibratória ativa. Além de tantas vantagens, ainda funciona a pilha e também pode ser conectado a cabo USB , pensa se a mãe louca por tecnologia aqui não amou isso?!

Além disso, ele consegue ser mais eficiente ao misturar as partículas de soro fisiológico e o remédio. A nebulização se torna muito mais proveitosa, pois a medicação é absorvida de melhor maneira. Esse é o ponto fundamental da vantagem do Nebzmart para mim. Fico tranquila sabendo que posso fazer a terapia respiratória em casa sem risco de que o remédio perca o efeito.

A higienização prática também me conquistou. Ele é praticamente todo lavável! Não tem aquela mangueira comprida como no ultrassônico, que acumula líquido e umidade. Dá pra lavar todas as partes necessárias com muita facilidade e deixar tudo bem sequinho.

O compartimento onde é colocado o soro fisiológico vem com dosador em ml, o que facilita demais a minha vida e me faz questionar: como ninguém pensou nisso antes? Sério, antes eu tinha que ficar com um copinho dosador , despejando no copo descartável do ultrassônico… um item a mais para lavar! Outra coisa muito legal é que ele vem com um estojo compacto para acomodar todas as peças, o que facilita para levá-lo para qualquer lugar.

Gravei um vídeo para mostrar todos os detalhes e como o Nebzmart funciona na prática, um review rapidinho mas que vai te mostrar como é leve e eficiente.

Como mãe de alérgico e de baby, sei da importância dessa inovação para nossa vida. Esse produto já está a venda pelo Brasil, procure pelo Nebzmart e visite o site para saber mais: www.nebzmart.com.br/

 

blogpetitninos

Theo, a Asma, a Rinite e os tratamentos { Rinite alérgica – Vacinas antialérgicas}



















Que vontade de ver ele sempre correndo feliz por aí!


Agora é novamente possível!

Finalmente descobrimos os causadores de crises tão fortes de Asma que o pequeno andou tendo!

Contei sobre isso e como tudo começou aqui!

Bom, muitas crises depois, muitas horas na espera e noites mal dormidas no hospital e algumas aplicações de adrenalina depois: Encontramos os vilões!!

E são eles:

em primeiro lugar… a Rinite alérgica.

em segundo lugar … a chupeta.


Diagnóstico feito e a gente sempre dá uma sossegada, não é?

Bom…não é não. ):


Eu sabia que a coisa aqui ficaria bem complicada.

Depois de fazermos os teste alérgicos, veio o resultado e ele apresentou alergias diversas.

Gabaritou o exame…todos os itens vieram marcados com um “X” maiúsculo…e claro entre eles, alergia aos Pelos de Gato.


Temos um bichano lindo e não tenho a menor intensão de me livrar dele…tá ai o problema numero 1.

O segundo problema…A CHUPETA. Já havia pedido para o papai noel levá-la,acontece que depois de uma noite de muita gritaria e abstinência da tal…papai noel enviou-a de volta. E foi por sedex 5 min que ela voltou para casa. =/


Bom sobre a chupeta o Dr. Rui Almeida Coatti, Alergologista e Pneumologista aqui da cidade de Campinas, me explicou que o bico da chupeta,independente do formato causa um afundamento, uma pressão no céu da boca e isso afunila ainda mais a passagem do ar. Como sempre antes da crise asmática ele apresenta um quadro de renite,ou seja uma inflamação,essa passagem já está prejudicada e se agrava,diminuindo muito com a pressão que a chupeta exerce. Ou seja…a chupeta ficou lá no consultório. Ele chorou…eu chorei. Chorei porque sabia que estava errada, deveria ter tirado a chupeta de nossas vidas antes. O DR. Rui ainda me disse que não é contra a chupeta, mas que ela só é aceita até os 18 meses… não mais que isso.
Já tinha passado por isso uma vez e sabia as dificuldades que teríamos pela frente, logo agora antes de uma longa viagem. Eu confesso que a chupeta era minha aliada, um calmante quando saímos de casa, ele sente mais falta quando quer dormir no período da tarde do que a noite.
Um problema resolvido!( mesmo que essa solução me cause mais mil outros problemas)
Agora e para tratar a Rinite? Tipo…ninguém leva meu gatinho daqui!! Entendido??

Foi-nos apresentada uma solução que eu desconhecia até então: Vacinas Antialérgicas.
Você já conhecia??

Para o tratamento da Rinite existem alguns passos: higiene do ambiente, ou seja, tudo deve estar livre de poeira,pelos e ácaros…colchões e travesseiros com capas protetoras, passar sempre pano úmido no chão ao invés de usar o aspirador de pó, promover a circulação do ar e a entrada de luz solar.
Pode-se também fazer uso de medicamentos para controlar os sintomas, mas claro…a base der muito corticosteroides. (no thanks!)
Nos restou aderir a vacinação.

“Quando o tratamento feito nestas condições (higiene ambiental e medicamentos) falha, pode-se associar o uso de vacinas antialérgicas. Esse tratamento é longo, porém, quando feito corretamente, diminuí a sensibilidade do doente àquela substância ao qual era alérgico. Muitas vezes, chegamos ao ponto em que não há mais necessidade do uso de medicamentos”
                                                                                                                                       Dr. Drauzio Varella

Bom e estamos na 5 semana! O tratamento é longo, e as picadinhas semanais. Fomos orientados a fazermos nós mesmos em casa.  Sempre na parte traseira do braço, 4 dedos acima do cotovelo, onde existe menor sensibilidade, e fazendo o revezamento dos braços.



Compramos essas seringas especiais ( pia do banheiro “a La” Lívia Marine) e a vacina deve ser mantida sempre resfriada, guardada em um potinho sempre no fundo da geladeira onde a temperatura não oscila. As doses aumentarão conforme as semanas vão passando. Anotamos as doses e o braço da aplicação em uma carteirinha.

Estamos bem satisfeitos com os resultados.

Apesar do pouco tempo de aplicação (esse tratamento durará mais de ano),esse tempo seco e um prédio em obra aqui no terreno ao lado, não tivemos mais crises, nem nariz coçando ou olhos inchados.
Aderimos ao uso do ADF, uma solução acaricida que elimina não só os ácaros mas também fungos e bactérias (como eu vivi sem isso até hoje??).



É só borrifar por todo o ambiente, não é tóxica. É preciso o uso contínuo para otimizar os resultados, mas ele já começa a agir em 15 minutos, por isso está lá na nossa mala…na próxima viagem vamos levar nosso pequenos estoque!!! (:

Recomendo SUPER para quem tem um quadro parecido ao do Theo.



E graças a Deus seguimos aqui assim…em paz com os ácaros!

Conto mais novidades sobre esse tratamento em breve!

XOXO


A Folia e A Asma…tá certo isso produção?? {Relato sobre ASMA}

Enquanto eu só pensava em paz e carnaval…

Ela apareceu!

Nosso novo assunto predileto: ASMA.

Chegou em meio ao maior show da terra e nos levou direto para uma 
internação, que de breve só teve as suas 24horas, para nós a espera foi grande.

Foi um tremendo susto! O quadro evoluiu rápido demais e se não fosse
estarmos na hora certa e no lugar certo ( e com a pessoa certa, né Dinda Dú??) nem 
quero pensar no que poderia ter acontecido.

Theo acordou com um chiado no peito e eu jurei de pé junto que uma gripe 
poderia acabar com nosso carnaval. Enquanto fui tomar um banho longo para
me reconstruir, devido a folia da madrugada anterior, ele correu,brincou e pulou.

Tudo aconteceu rápido e em 20 minutos ele já não completava
 uma frase, e dizia que a voz estava “fraquinha”. A respiração ofegante, 
quando tirei a camiseta dele, quase infartei!! A barriguinha quase colava 
nas costelas tamanha a força que o pequeno fazia para respirar!!

Corremos para o hospital mais próximo e onde a dinda dele é diretora e
 3 inalações depois e uma dose de corticóide o 
se estabilizou…mas  não melhorou. 

Conclusão: Noite de carnaval rolando…uma pulseira vip do bloco em
 um pulso e a pulseira de acompanhante de hospital no outro. 
Choreeeiii. 





Fui fuçar tudo sobre essa danada que chegou quase me matando do coração. 

Ele ainda fará inalações a cada 4 horas e tomará também o corticóide 
por mais alguns dias e já temos nossa consulta com um pneumologista pediátrico. 
A minha lição com o episódio  ASMA:

 Não espere…não bobeie… se sentir que 
a respiração está ofegante a ponto da garganta
 afundar…corra pro hospital. Aprendi.

Agora temos novos acessórios…..escolhi os nebulizadores ultrassônicos.
 Um normal e um portátil, ambos bivolt e o portátil com adaptador
 para ser usado no carro. Ah e ela…a bombinha de Berotec!!

Inalador Ultra-Sônico Evolusonic – NS Inaladores c/ adaptador para carros

Inalador Ultra-Sônico automático Respiramax – NS Inaladores


Agora eu quero ver senhora ASMA…estamos preparados e de olho em você!!
Seguimos firme e forte na adaptação escolar, afinal quem espera sempre alcança, não é??

Mais relatos na semana que vem. Ah, e teremos um sorteio MARA também!!
Aqui vos fala uma mãe cheia de olheiras, que mesmo cansada promete retomar a rotina de postagens, que como minha vida, estão completamente atrapalhadas!

XOXO

Câmbio,desligo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...