18 meses de amor

foto de mesversário do bebê

 

Nossa, que clichê falar em tempo voando, o que mais dá pra dizer??

Nasceu outro dia, no parto mais lindo da nossas vidas ( para saber mais sobre o nascimento da Mel, um parto Natural após duas cesáreas , clica aqui ) e bagunçou a nossa vida daquela maneira deliciosa, que só a chegada de um bebê consegue fazer.

O tempo realmente voa e não perdoa!

Tão pequenina minha linda se torna mais menina a cada dia, e fala.

Como fala!

Se faz entender em praticamente todas as situações, sabe se defender e mostrar quando algo a agrada e quando não está gostando de algo.

 

Outro dia ela queria nos mostrar o ventilador de teto da casa da vovó, tentou, tentou e não conseguimos compreender então ela mandou: “Gira-Gira” e apontou para o teto.

Tem um ser falante entre nós, REAL OFICIAL!

Tenho amado mais e mais ter três filhos e acho perfeito para mim mesmo que agora as coisas estejam confusas e corridas. As noites não têm sido nada fáceis, entramos no processo de desmame noturno e estamos naquela fase complicada. Sabe quando precisamos fazer uma faxina? Pois é, tiramos tudo do lugar, fazemos uma bagunça danada para depois deixar tudo limpo e no lugar? Estamos nesse exato ponto, o da bagunça e limpeza, não colocamos nada em ordem ainda.

Não tenho conseguido fazer muitas das coisas que gosto, não tenho tido tempo para me dedicar ao trabalho como gosto e tenho invadido as madrugadas entre um choro e outro dela para dar conta do que preciso mas definitivamente, amo o que estamos vivendo mesmo com tudo isso acontecendo.

Sei que são fases e vai deixar saudade, como tudo deixa saudade quando falamos dos nossos filhos, as noites mal dormidas de hoje por conta de choros etc, amanhã se tornam noites em claro de preocupação por que eles não estarão em casa, estarão por aí em alguma festinha.

Já vivo esses dois extremos e por isso ando sim bem cansada mas não o suficiente para saber que o que estamos vivendo é mágico.

A perfeição no meu trabalho terá que esperar, alguns projetos acontecerão só mais para frente, os amigos de verdade entenderão nossa ausência em muitas ocasiões e estarão lá para quando tudo se encaixar, as pessoas que amo sempre entenderão que não posso dar mais de mim nas nossas relações porque não sobra “muito de mim” nesse momento. Logo tudo volta a ser como há 18 meses atrás.

Nesse tempo  em que nossa família tem 5 integrantes, nossa casa está sempre barulhenta e bagunçada mas também está cheia de amor desde que ela chegou e nos completou.

Muitas coisas ainda estão por fazer, muitas pessoas que eu gostaria de estar mais perto, muitas ideias para as quais eu gostaria de dar mais atenção…

Mas querem saber??

Eita fase gostosa! Nossa escadinha de filhos vivendo cada um as suas descobertas e a gente aqui, se virando nos 30 pra acompanhar tudo. Que sorte a nossa!

18 meses, 1 ano e meio de muita felicidade e amor ( and cansaço!)  <3

blogpetitninos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...