Sono dos bebês

 

aplicativos que ajudam o bebê a dormir

imagem: Shutter Stock

Sonho mesmo é ter um bebê que dorme sozinho, descansa nas sonecas,ficando calminho e ainda dorme à noite por horas e horas seguidas!

Eu tive essa sorte na terceira vez, Mel foi um anjo até … bem, até o quinto mês bater à nossa porta!

Essa questão merece um post exclusivo, mas adianto que acreditei que estávamos passando por um pico de crescimento, depois achei que era o calor, a falta de rotina que passamos no feriado de carnaval e depois concluí que era somente ela mudando.

Falarei sobre isso logo!

Escrevi para o Disney Babble – sou colaboradora do site, acompanhe meus textos por lá! – sobre alguns truques tecnológicos para ajudar os bebês que precisam de um empurrãozinho na hora do soninho.

Logo que trouxemos Amelie para casa, notei que o som da nossa coifa e da máquina de lavar a deixavam muito relaxada e ela adormecia em segundos, mesmo que tivesse acabado de acordar. Percebi que o mesmo acontecia com o aspirador de pó; era só ligar para ela adormecer ou simplesmente se acalmar.

Contando sobre isso lá no meu Instagram (segue aqui) recebi de algumas leitoras indicações de aplicativos que fazem essa função de armazenar barulhinhos reconfortantes. Olha que maravilha esses tempos de apps: nada de precisar levar a coifa ou o aspirador para passear quando estivermos fora de casa! kkkk

Nesse post AQUI tem uma lista de apps – aplicativos para celular – bacanas que vão te ajudar a acalmar seu bebê!!

Se você conhecer algum outro legal que não esteja entre minhas indicações, deixa o nome aí nos comentários!

um beijo

favicon blog petit ninos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “Sono dos bebês

  1. Valentina dormiu sozinha, simplesmente dos 4 aos 9 meses. Colocava no berço, em seguida na cama montessoriana, ligava o móbile, dava um beijo e saía do quarto. Nem eu acreditava. Aos 9 meses ela mudou para nunca mais voltar ao que foi um dia. A cama de solteiro foi ampliada a um colchão queen (porque trocamos o colchão da nossa cama) e desde então temos que ficar com ela até ela adormecer. Acontece que em 75% das vezes eu ou meu marido dormimos junto com ela e só vamos acordar bem mais tarde ou depois de um pontapé ou soco. Essa fases são bem complicadas!!! E por aqui ainda não passou…rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *